Punta del Este

Punta del Este possui um charme próprio e encantador. Trata-se de uma cidade de veraneio, e por conta disso durante o inverno, período da minha passagem pela cidade,  muitos proprietários fecham as suas lojas para realizar reformas de melhoria para o verão seguinte. A cidade foi o décimo quarto destino escolhido para ser desbravado na primeira etapa do Projeto Desbravando as Américas. Estive pessoalmente em todos os atrativos turísticos descritos abaixo.
Vale ressaltar, que todas as fotos foram tiradas através de um celular e, por conta disso, a qualidade não foi das melhores.

  • A cidade de Punta del Este foi fundada no ano de 1908. 
  • A cidade pertence ao Departamento de Maldonado, Uruguai. 
  • O local é considerado um dos mais importantes e exclusivos balneários da América Latina. 
  • O local conta com uma população permanente de aproximadamente 12 mil habitantes, podendo atingir na alta temporada turística, verão, cerca de 450 mil habitantes. 
  • O primeiro hotel do famoso Balneário foi construído em 1889. 
  • Viajantes brasileiros e argentinos são os principais frequentadores do Balneário. 
  • A economia da cidade é em grande parte movida pelas atividades turísticas. 
  • Ônibus da Empresa COT
  • Tempo de Viagem: 2 horas e 20 minutos 
  • Valor em junho de 2015: UYU 232,00

OBS: Durante a estação do inverno, existem apenas dois horários de ônibus com saída de Punta del Diablo em direção a Punta del Este. São eles às 6 horas da manhã ou as 17:30 da tarde. 

  • Couchsurfing na casa do Uruguaio Gustavo. Excelente experiência. Gustavo convidou-me para um city tour, de carro, para visitar alguns atrativos turísticos da sua cidade. Alojei-me em um quarto privativo com banheiro incluído e uma vista panorâmica da cidade. Foi a minha primeira experiência pelo couchsurfing fora do Brasil. 

Roteiro para 1 dia – O que fazer:

Playa Mansa: Praia ideal para aproveitar com toda a família. Por ser banhada pelo Río de La Plata não possui muitas ondas. Conta com um calçadão repleto de quiosques e um píer de madeira onde é possível admirar um fabuloso pôr do sol. 

Playa Solanas: Considerada uma das mais tradicionais praias da cidade, e a preferida dos moradores locais, devido a sua pouca profundidade e águas calmas. 

Punta Ballena: Península, banhada pelo Río de la Plata, na qual no passado era frequente o avistamento de Baleias Franco-Austral. 

Casa PuebloConstruída na encosta de um morro, pelo artista plástico e arquiteto uruguaio Carlos Páez Vilário. É considerada a casa mais famosa da região. Sua aparência faz lembrar as casas presentes na Ilha de Santorini, na Grécia. Atualmente o local funciona como um hotel e um pequeno museu decidado ao seu idealizador. Aberto ao público das 10h às 18h. 

Valor da entrada em junho de 2015: UYU 200,00

OBS: A vista parorâmica do Terraço permite assistir a um  pôr do sol de tirar o fôlego. 

Museo Ralli: Inaugurado em 1988, possui em seu acervo obras de grandes artistas da América Latina, como, por exemplo, SalvadorDalí. Os horários e dias de visitação variam de acordo com a época do ano. 

Entrada Gratuita!

OBS: Devido ao inverno, o local encontrava-se fechado para visitação ao público. 

Puente Leonel Viera ou Puente Ondulante: Inaugurada em 1965, com o objetivo de ligar os balneários de Punta del Este e La Barra. Devido a sua caracteística ondulada, que proporciona aos passantes uma sensação de “frio na barriga”, a ponte tornou-se um dos cartões postais da cidade. 

Museo del Mar: Fundado em 1996, pelo colecionador Pablo Etchegaray, que passou anos de sua vida colecionando exemplares marinhos de diversas partes do mundo. No interior do museu, é possivel admirar, empalahada, a famosa cadela Pajarita, que acompanhou Pablo, por 18 anos, em suas expedições.  Aberto ao público das 10h às 17:30. 

Valor da entrada em junho de 2015: UYU 100,00

OBS: Devido a baixa temporada de inverno, o museu encontrava-se fechado para visitação. 

Playa Montoya: Praia muito frequentada por jovens e amantes de esportes radicais devido à ótima qualidade das suas ondas. O local já foi palco de duas importantes competições de surf: a Copa Billabong e o Campeonato Mundial de Surf. 

Puerto de Punta del Este: Localizado na ponta da península, local onde o Rio de La Plata desagua no Oceano Atlântico, funciona como ponto de partida para os passeios marítimos da região e chegada dos grandes cruzeiiros repletos de turistas nos meses de alta temporada na cidade. 

Faro de Punta del Este: Inaugurado em 1860, encontra-se em um ponto estratégico do balneário, ao qual pode orientar as embarcações que chegavam tanto do Oceano Atlântico como do Rio de La Plata. 

Iglesia Nuestra Señora de la Candelaria: Inaugurada em 1911, com o objetivo de sediar as missas que até então era realizadas na base do Farol de Punta del Este.

La Mano: Idealizada pelo artista plástico chileno Mario Irarrázabal, no ano de 1982. O mesmo teve a brilhante idéia de fazer uma escultura nas areias da Playa Brava. A obra retrata uma mão, com cinco dedos, saindo da areia da praia e apontando para o céu representando a mão de Deus. Este é atrativo turístico mais visitado da cidade. 

Novela Brasileira “Em Família” que na versão em espanhol ganhou o nome de “La Sombra de Helena“.

Gastronomia

Rollito de Ternera con Jamón y Queso:

Quer saber mais sobre o que aconteceu nesta incível aventura? Não perca tempo e adquira já o livro “Desbravando as Américas Etapa 1- As Aventuras de um Mochileiro do Rio de Janeiro à Montevideo“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *