Porto Alegre

Porto Alegre é uma cidade rica historicamente e culturalmente. O local também é ponto de partida para visitar as cidades localizadas na região da Serra Gaúcha. A cidade foi o nono destino escolhido para ser desbravado na primeira etapa do Projeto Desbravando as Américas. Estive pessoalmente em todos os atrativos turísticos descritos abaixo.

Vale ressaltar que todas as fotos tiradas foram através de um celular e, por isso, a qualidade não foi das melhores.

  • A cidade de Porto Alegre foi fundada no ano de 1772.
  • É a capital do estado brasileiro do Rio Grande do Sul  e a quinta cidade mais populosa do país. 
  •  Sua colonização foi composta por imigrantes açorianos, alemães, italianos, espanhóis, africanos, poloneses e libaneses. 
  • No ano de 2004, a cidade foi atingida pelo Furacão Catarina, que provocou estragos em alguns de seus bairros.
  • Porto Alegre foi uma das cidades brasileiras selecionadas para sediar a Copa do Mundo de 2014.
  • Ônibus da empresa Viação Santo Anjo (Florianópolis x Porto Alegre)
  • Tempo de Viagem: 6h30min
  • Valor em junho de 2015: R$ 75,24
  • Hospedei-me no EcoHostel
  • Minha opinião: Boa localização e atencioso staff 24 horas. Durante o inverno, dê preferência aos quartos localizados no interior da casa, pois os quartos externos são extremamente frios à noite. 
  • Contato: Stephania
  • Valor: aproximadamente R$35,00 em quarto compartilhado.

Roteiro para 1 dia - O que Fazer?

Parque Farroupilhas Redenção: Fundado em 1935, o parque foi nomeado em homenagem ao centenário da Guerra Farroupilhas. O local conta com monumentos representando vários países, sendo o mais imponente, o Monumento ao Expedicionário, inaugurado no ano de 1953. 

Mercado Público: Inaugurado em 1869, em estilo arquitetônico neoclássico, com o objetivo de abrigar o comércio de abastecimento da cidade. No ano de 1979, o prédio foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre. Aberto ao público das 7h30min às 19h30min. 

Entrada Gratuita.

Paço Municipal de Porto Alegre: Inaugurado em 1901, para ser a sede da Intendência de Porto Alegre. O prédio foi construído em estilo arquitetônico eclético de caráter positivista. No ano de 1979, o edifício foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre. 

Espaço Cultural Santander: O edifício construído em estilo arquitetônico eclético, em 1930, funcionou como sede de várias instituições bancárias. No ano de 1987, o prédio foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico do Estado. No ano 2000, o local passou a funcionar como centro cultural. Aberto ao público das 10h às 17h (exceto segunda-feira).

Entrada gratuita. 

Memorial do Rio Grande do Sul & Museu dos Direitos Humanos do MERCOSUL: O Memorial, é um Centro cultural voltado à preservação da cultura do povo gaúcho. Já o Museu dos Direitos Humanos, inaugurado em 2000, tem como objetivo integrar a memória dos países vizinhos, através dos direitos humanos, no âmbito da construção de uma cultura de paz e tolerância entre essas nações. Aberto ao público das 10h às 17h (exceto segunda-feira).

Entrada Gratuita. 

Museu de Arte do Rio Grande do SulCriado em 1954, apesar de não possuir acervo e sede própria, com o objetivo de destacar o cenário artístico sulista e nacional. No ano de 1978, passou a ocupar o prédio histórico da antiga Delegacia Fiscal da Fazenda, construído em 1914. No ano de 1981, o local foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Aberto ao público das 10h às 17h (exceto segunda-feira).

Entrada Gratuita.

Secretaria da Fazenda: Construído em estilo arquitetônico neoclássico, no início da década de 1920, para ser a sede da Secretaria de Obras Públicas. No ano de 1987, o edifício foi tombado como Patrimônio Histórico e artístico do Estado. 

Alfândega: Construída em 1933, em estilo arquitetônico eclético com frontões e estátuas. No ano de 1968, o edifício passou a abrigar a Delegacia da Receita Federal e atualmente funciona como sede da Inspetoria da Receita Federal. 

Praça da Alfândega: Situada na área central da cidade, recebeu esse nome devido ao forte comércio popular de mercadorias que chegavam do porto e ali eram comercializadas. Seu projeto paisagístico é geométrico e com forte inspiração francesa. 

Teatro São Pedro: Inaugurado em 1858, com o objetivo de servir de palco para as diferenças manifestações culturais da cidade. O edifício foi construído em estilo arquitetônico neoclássico. Atualmente o local funciona graças ao apoio da Associação Amigos do Theatro São pedro (AATSP).

Praça da Matriz: Fundada em meados do século XVIII, serviu de palco de grande parte da história gaúcha. Recebeu seu nome por estar localizada em frente à Igreja Matriz. 

Catedral Matropolitana: Projetada em 1920, para substituir a antiga Igreja Matriz, sendo oficialmente consagrada e concluída, após 66 anos de reformas, no ano de 1986. Em sua fachada encontram-se mosaicos executados pela Academia de Mosaicos do Vaticano. 

Parque Moinhos de Vento: Inaugurado em 1972, após a desapropiação da área do antigo Jockey Club. Recebeu o seu nome em homenagem ao mineiro Antônio Martins Barbosa, que no século XVIII instalou um moinho de vento na região. 

Quer saber mais sobre o que aconteceu nesta incível aventura? Não perca tempo e adquira já o livro “Desbravando as Américas Etapa 1- As Aventuras de um Mochileiro do Rio de Janeiro à Montevideo“.

One thought on “Porto Alegre

  1. Engraçado, muitas pessoas me falam que POA não é uma cidade bonita e que não tem atrativos. Sua postagem mostra o contrário. Fato, acabo de incluir na minha lista. rsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *