Porvenir – Tierra del Fuego

Porvenir é um vilarejo calmo e tranquilo localizado na Patagônia Chilena às margens do Estreito de Magalhães. O trajeto para se chegar a cidade pela Tierra del Fuego é repleta de paisagens fantásticas de tirar o fôlego. A cidade foi o primeiro destino escolhido para ser desbravado na terceira etapa do Projeto Desbravando as Américas. Estive pessoalmente em todos os atrativos turísticos descritos abaixo.

Vale ressaltar que as fotos foram tiradas através de uma camêra fotográfica Cannonemprestada, e por um celular Iphone 4S.

  • A cidade de Porvenir foi fundada no ano de 1894.
  • Porvenir é a capital da Provincia de Tierra del Fuego localizada na Region de Magallanes y de la Antártica Chilena. 
  • Porvenir é a cidade mais populosa da porção chilena da Tierra del Fuego com aproximadamente 6.500 habitantes.
  • O povo originário que habitava a região eram os Selk’nam, que foram extintos após a chegada dos europeus.
  • Os primeiros imigrantes a residirem na cidade, foram os imigrantes croatas, durante a febre do ouro que assolou a região.
  • No ano de 1949, a cidade foi atingida por um terremoto de magnitude 7.8 na Escala Richter. 
  • Por toda a cidade há sinalizações indicativas sobre rotas de fuga para locais seguros em caso de desastres naturais.
  • Anualmente, é realizado um rally denominado Gran Premio de La Hermandad Argentino-Chilena na estrada que liga as cidades de Porvenir à cidade de Rio Grande, na Argentina. 

Transporte 1 (Ushuaia x Rio Grande):

  • Van da empresa Transporte Líder
  • Tempo de viagem: 3 horas 
  • Valor em junho de 2017: ARS 350,00

Transporte 2 (Rio Grande x Porvenir):

  • Carona com a viajante brasileira Carla
  • Tempo de Viagem: 4 horas 
OBS: não há ônibus, durante o inverno, entre a cidade Argentina do Ushuaia e a cidade chilena de Porvenir.
 

Desbravando as Americas

  • Hotel Aca – Localizado estrategicamente ao lado da Aduana Argentina Paso San Sebastían. 
  • Valor da diaria para quarto duplo em junho de 2017: ARS 350,00

OBS: Chegamos na Aduana para sair da Argentina e cruzar para o Chile às 22 horas e a encontramos fechada, pois a mesma já havia encerrado as suas atividades naquele dia.  Por conta disso, nós tivemos que nos hospedar no hotel mais próximo ao local para nos abrigar do frio pantagônico.

Roteiro para 1 dia - O que fazer?

Via Y-71: Estrada de rípio que margeia a Bahía Inútil até a entrada da cidade de Porvenr, cruzando  grande parte da Isla Tierra del Fuego. O percurso proporciona aos viajantes paisagens de “tirar o folêgo”, com   a presença de pequenas praias desertas.

Museo Municipal Fernando Cordero Rusque: Inaugurado em 1980, o museu foi batizado com o nome do seu idealizador, o tenente da guarda local Fernando Cordero Rusque, que, com o apoio dos seus vizinhos, deu início a primeira coleção museológica da cidade, com o objetivo de preservar e divulgar a história e as riquezas naturais presentes na região da Tierra del Fuego chilena. Atualmente, o local conta com um rico acervo permanente com exposições sobre a fauna fueguina, arqueologia e antropologia, no qual se destaca uma múmia de uma aborígene que foi conservada pela neve, fotografias e relatos sobre o início da colonização europeia na cidade e sobre a corrida do ouro ocorrida na região no ano de 1881, raras fotografias do extinto povo originário Selk’nam, que habitava a região, e uma réplica perfeita do antigo Armazém Vukasovic, que foi o mais tradicional estabelecimento comercial da cidade entre os anos 1893 e 1993… 

Aberto ao público de segunda a quinta-feira das 8h às 17:15, sextas-feiras das 8h às 16:15 e sábados e domingos das 10h às 16h.

Valor da entrada em junho de 2017: CLP 1.500.

Desbravando as Américas
Museo Municipal Fernando Cordero Rusque

Observatorio Astranómico Mercurio: Construído em 1965, pelo astrônomo autodidata fueguino, Miguel Kuvacic Vukasovic, filho de imigrantes croatas, com o objetivo de estudar o universo e o movimento rotacional do planeta Mercúrio no sistema solar. O observatório trata-se de um único telescópio, protegido por uma pequena torre de pedra. Após a inauguração do Museo Fernando Cordero Rusque, o observatório foi trasladado para o pátio dianteiro do museu, onde se encontra até os dias atuais. Por se tratar de um observatório estritamente voltado para estudos científicos, o local não permite visitação ao seu interior…

Desbravando as Américas
Observatorio Astronómico Mercurio

Plaza Selk’nam: Inaugurada em 2004, pelo Governo Regional, como uma homenagem ao povo originário Selk’nam, que segundo estudos arqueológicos, eram caçadores nômades que haviam migrado do continente para a ilha Tierra del Fuego há aproximadamente 11 mil anos. No final do século XIX, a ampliação da ovinocultura na região gerou um grande conflito de interesses territoriais entre os colonos e os nativos locais. Entre os anos de 1880 e 1910, os criadores de ovelhas, em sua maioria britânicos, contrataram os serviços dos então chamados “caçadores de índios” para dar início a um terrível genocídio do povo Selk’nam, chegando a pagar aos caçadores a quantia de 1 libra esterlina por cada Selk’nam morto, mediante a apresentação das mãos ou orelhas das suas vítimas. A população do povo originário que anteriormente chegava a 4 mil habitantes foi reduzida drasticamente. No início do século XX, para dar fim a onda de matança na região, o governo chileno ofereceu asilo aos poucos sobreviventes da etnia Selk´nam, trasladando-os para a Isla Dawson. No ano de 1974, foi a obtido a última descente de sangue puro Selk’nam. Atualmente, encontra-se na parte argentina da Tierra del Fuego uma pequena comunidade de descentes mestiços desta extinta etnia que permanecem isolados do mundo exterior, mantendo vivos os costumes e crenças milenares do seu extinto povo…

Desbravando as Américas
Plaza Selk'nam

Faro Bahía Porvenir: Inaugurado em 1928, com o objetivo de auxiliar na navegação das embarcações que se aproximavam da cidade de Porvenir pelo Estreito de Magalhães. Localizado a 8 quilômetros do centro da cidade, no setor denominado Bahía Chilota, o farol possui 21 metros de altura e um alcance luminoso de 10 milhas náuticas. Devido a sua localização, no topo de uma pequena colina, ele é considerado um dos mais importantes atrativos turísticos da região por contar com um mirante natural que proporciona uma vista panorâmica de parte do Estreito de Magalhães, da beleza natural da encosta chilena da Tierra del Fuego e da cidade de Porvenir. Atualmente, o farol é operado de forma automática pela marinha chilena, não sendo permitida a visitação em seu interior…

Desbravando as Américas
Faro Bahía Porvenir

Ferry Boat de la Transportadora Austral Broom: Inaugurado em 1984, com o objetivo de concertar a Tierra del Fuego ao continente, através da navegação pelo Estreito de Magalhães, de forma segura e frequente, facilitando assim a vida dos moradores e viajantes que se encontram na região. O ferry boat opera de terça a domingo em horários pré-estabelecidos que variam de acordo com a temporada…

Valor da passagem em junho de 2017: CLP 6.200 (pessoa) e CLP 35.000 (carro de passeio)

Desbravando as Américas
Ferry Boat de la Transportadora Austral Broom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *