Pico Truncado

Pico Truncado é uma cidade localizada na Patagônia Argentina que é considerada uma joía perdida no meio do deserto. O potencial turístico inexplorado dessa cidade é enorme. Para os amantes de belas paisagens é uma parada obrigatória. A cidade foi o décimo primeiro destino escolhido para ser desbravado na segunda etapa do Projeto Desbravando as Américas. Estive pessoalmente em todos os atrativos turísticos descritos abaixo.

Vale ressaltar que as fotos foram tiradas através de uma camêra fotográfica Cannon, emprestada, e por um celular Iphone 4S.

  • A cidade de Pico Truncado foi fundada no ano 1921.
  • Pico Truncado está localizada na Província de Santa Cruz.
  • Registros históricos, como pinturas rupestres, demonstram que os povos Mapuches e Tehuelches habitaram em harmonia esta região há 13 mil anos antes da chegada dos “homens brancos”.
  • A cidade recebeu seu nome por possuir em seu território uma colina cônica de cume balsático, denominado Cerro Pico Truncado.
  • Com a criação da Ferrovia Patagônica chegaram os primeiros argentinos a se instalarem efetivamente na cidade.
  • Na década de 60, com a desberta de Gás Natural na cidade, Pico Truncado recebeu o título de Capital Nacional do Gás.
  • No ano de 2014, Pico Truncado foi declarada como a Capital Nacional do Hidrogênio, possuindo a única usina experimental de hidrogênio da América Latina. O Hidrogênio é considerado a fonte de combústivel do futuro, por ser uma fonte de energia renovável e por não poluir o meio ambiente.
  • Pico Truncado possui um parque eólico devido aos fortes ventos que assolam a cidade. 
  • A cidade abriga um museu a céu aberto chamado Circuito Turístico MARA, que conta com um importante acervo repleto de patrimônios arqueológicos e paleontológicos da região.
  • Desde o ano de 2014, acontece na cidade a competição esportiva Travesia del Viento, que reúne amantes de esportes eólicos.
  • Ônibus da empresa Cooperativa Sportman
  • Tempo de Viagem: 3 horas
  • Valor da passagem em junho de 2016: ARS 216,00.
  • Couchsurfing na casa do Jose. Experiência muito agradável, pois ele conhecia muito sobre história da sua cidade. A tarde,  ele fez questão de me levar pessoalmente em seu carro a lugares fantásticos que poucas pessoas conheciam na cidade. Seu cachorro de estimação, que mais parecia um pônei, também era incrível.

desbravando as Americas

desbravando as americas

Roteiro para 1 dia - O que fazer?

Escultura Brindasaurio: Construída em 1997, pelo escultor argentino Carlos Regazzoni, que utilizou materiais reciclados doados pela empresa petrolífera Bridas Sapic. A curiosa obra foi produzida para homenagear os dinossauros que habitaram a região da Patagônia Argentina há milhares de anos. A  escultura possui 4 metros de altura e 17 metros de comprimento e é considerada um símbolo cultural para a população da cidade de Pico Truncado.

Monumento al Bicentenario de La Patria: Projetado pelo escultor argentino Aldo Beroiza, o monumento foi inaugurado em 25 de maio de 2010 como parte das comemorações do Bicentenário da Independência Argentina. A obra descreve a imagem de uma mulher guerreira que puxa um cone que representa as riquezas exploradas na região desde o surgimento da cidade de Pico Truncado. Após a sua inauguração, o monumento foi declarado como um dos principais cartões postais da cidade, por ser o único construído na zona norte da Província de Santa Cruz em homenagem a este fato histórico de âmbito nacional…

Cerro Pico Truncado: Descoberto em 1889, pelo explorador argentino Carlos V Burmeister, durante uma expedição realizada pelo Valle del Rio Deseado, financiada pelo Museo Nacional de Buenos Aires. O explorador ao observar uma formação rochosa singular em formato de um cone cortado o denominou como Monte Pico Truncado. O Cerro conta com 291 metros de altitude e possui uma coloração avermelhada em seu topo. Segundo algumas lendas locais, no topo do cerro eram realizadas, pelos antigos povos da região, cerimônias religiosas aos deuses vindos das estrelas…

Salina del Bajo ou Salar de Truncado: Localizada a noroeste do centro da cidade de Pico Truncado, trata-se de uma pequena área privada de extração de sal natural no meio de uma região desértica com formação de espelhos d’água artificiais…

Ficou curioso (a) para saber mais sobre o que aconteceu nesta incível aventura? Não perca tempo e adquira já um exemplar do Livro “Desbravando as Américas” com dicas  espetaculares e relatos pessoais do meu desbravamento rumo ao Alasca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *